Saúde

20/05/2019 - 18:23:10

7 dicas de como fortalecer seu sistema imunológico

Suplementos, uma boa noite de sono, saúde intestinal, alho, antioxidantes – o guia da Vogue sobre como apoiar o seu sistema imunológico no combate a infecções

Autor: Redação do portal

Enquanto nós tendemos a pensar nos meses mais frios como o momento em que o sistema imunológico pode ser atingido com força, a verdade é que isso pode acontecer a qualquer momento durante o ano. Tudo se resume ao estado de seu corpo – estresse, cansaço e nutrição desempenham seu papel – que determina se você sucumbe aos vírus e com qual frequência.

+ Top ten: ranking das proteínas vegetais
+ Suco de salsão: o elixir da vez promete melhorar a pele e a digestão

Seu sistema imunológico é uma matriz complexa de células e sistemas que funcionam de forma coesa para te proteger contra doenças. É o sistema de defesa natural do corpo contra patógenos (bactérias, vírus e microorganismos causadores de doenças), além de promover um reparo celular eficaz. Os principais intervenientes no sistema imunológico são os glóbulos brancos, que combatem as infecções e os linfócitos, que circulam pelo corpo através dos vasos sanguíneos e linfáticos, e estão armazenados nos órgãos linfóides - que incluem adenóides (na parte posterior da passagem nasal), vasos sanguíneos, medula óssea, gânglios linfáticos, baço, intestino delgado, timo e amígdalas.


+ Como fazer um detox: o guia para desintoxicar (saudavelmente) o seu corpo
+ Delivery green: quatro dicas de serviço de entrega para não sucumbir ao fast-food

Para ajudar o seu sistema imunológico – antes de recorrer aos antibióticos – há algumas coisas que você pode fazer. Aqui estão as sete principais dicas da Vogue para aumentar sua imunidade. Confira:

1. Uma dieta rica em antioxidantes
Embora a vitamina C esteja no topo da lista quando se trata de evitar resfriados e vírus, os antioxidantes em geral oferecem um enorme apoio ao sistema imunológico, reduzindo a morte celular e promovendo o desenvolvimento de glóbulos brancos, que são a chave para destruir bactérias nocivas.


Antioxidantes também desempenham um papel fundamental na reparação de DNA danificado e aumentam a capacidade do corpo de se reparar. Os radicais livres essencialmente provocam uma resposta inflamatória nas células, enquanto antioxidantes trabalham para neutralizá-los e reduzir essa resposta.

A comida é a melhor fonte possível desses antioxidantes, então adicione alguns dos seguintes itens à sua lista de compras: frutas vermelhas, chocolate amargo, alcachofra, café, feijão, chá verde, maçãs, tomates, vegetais de folhas verdes e peixes oleosos.

2. Alho protetor
Um remédio antigo para doenças que ainda é comprovado como uma fonte de múltiplos benefícios para a saúde, o alho tem sido considerado um superalimento.

O composto ativo encontrado no alho, a alicina, possui propriedades antibacterianas que podem ajudar a prevenir doenças e infecções. Os benefícios do alho são, em última instância, suas propriedades anti-inflamatórias, que ajudam a manter o sistema imunológico funcionando da melhor maneira possível.
Um estudo do Journal of Immunology Research descobriu que a alicina também tem um efeito direto no aumento da contagem de glóbulos brancos, que combatem os radicais livres e as bactérias nocivas. A melhor maneira de tomar alho é incluí-lo em sua culinária ou em forma suplementar.

3. Saúde intestinal em dia
Mais de 70% das células do sistema imunológico do corpo estão localizadas nas paredes do intestino, o que explica por que a boa saúde intestinal é a chave para a função corporal saudável. O sistema digestivo desempenha um papel importante na metabolização das toxinas do corpo, como parte do nosso sistema desintoxicante natural.
Um aumento de fibra ajudará a movimentar e excretar rapidamente as toxinas no intestino. A fibra, em particular, tem um impacto direto na melhoria dos microbiomas localizados dentro das paredes digestivas.
Incluir suplementos pré e probióticos na sua alimentação também é uma dica valiosa.

4. Se movimente!
Um estudo realizado pela Medicine & Science mostrou que a caminhada regular aumenta a circulação de glóbulos brancos pelo corpo. O principal objetivo dessas células imunológicas é matar todos os patógenos causadores de doenças. Os mesmos benefícios podem ser aproveitados com treinamento regular de peso (resistência), o que aumenta a frequência cardíaca e a temperatura corporal (outro fator que contribui para matar bactérias). Este estudo, no entanto, também veio com uma advertência: qualquer exercício feito por 75 minutos ou mais em alta intensidade causa um aumento dos hormônios, o que pode comprometer o sistema imunológico. Então, um equilíbrio de baixa e alta intensidade é fundamental.

5. Tenha uma boa noite de sono
Os benefícios do sono bom, repousante e rejuvenescedor são infinitos, incluindo seu impacto no sistema imunológico. Pesquisas do Pflügers Archiv - European Journal of Physiology mostraram que o sono amplo e um sistema circadiano equilibrado (o ciclo sono / vigília do corpo e do cérebro) melhorarão a produção de citocinas anti-inflamatórias (substâncias secretadas pelo sistema imunológico) e células exterminadoras, melhorando a capacidade do organismo de combater infecções.

6. Reduza o consumo de álcool
Se você quebrar as moléculas do álcool, você está essencialmente olhando para o açúcar puro. Quando consumidos em excesso, o açúcar e / ou o álcool são os principais culpados pela redução da capacidade do corpo de produzir glóbulos brancos, o que significa que é mais provável que você sucumba a vírus e bactérias. A longo prazo, o álcool pode comprometer seriamente a função das células imunes, tornando o corpo mais suscetível a doenças. Para reduzir, experimente alternativas de baixo teor alcoólico e alterne cada bebida alcoólica com um copo de água. 

7. Os melhores suplementos de reforço imunológico
Vitamina D: promove a saúde dos ossos e desempenha um papel na regulação do cálcio.
Glutamina: aminoácidos que podem ajudar a alimentar o seu intestino, promover a recuperação nas células e apoiar a função do sistema imunológico.

Vitamina C: reabastecer os níveis de vitamina C quando estiver se sentindo deprimido é uma ótima maneira de apoiar os níveis de energia.

Zinco: Um herói não reconhecido, o zinco é fundamental na ativação das células T, que ajudam a apoiar a atividade das células imunológicas. Tomar um suplemento de zinco pode ajudar a encurtar a vida útil dos sintomas de gripes e resfriados.

Echinacea: melhor quando ingerida em forma de tintura, as propriedades antivirais e antimicrobianas da equinácea podem suportar enormemente a função do sistema imunológico. Tem efeitos adaptogênicos potentes, que reduzem o estresse e podem fortalecer o sistema imunológico indiretamente.

Curte o conteúdo da Vogue? Ele está no Globo Mais, o app que é muito mais do que uma banca. Nele você tem acesso a um conteúdo exclusivo em tempo real e às edições das melhores publicações do Brasil. Cadastre-se agora e experimente 30 dias grátis.

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

 

Fonte: Vogue