Política

13/03/2016 - 08:18:30

Partidos e entidades apoiam manifestações pelo impeachment de Dilma

Manifestações vão acontecer no domingo. Em nota, o PSDB, DEM, PPS, PV e o Solidariedade pedem que a sociedade compareça ao evento

Autor: Redação do Portal

Cinco partidos de oposição ao governo da presidente Dilma Rousseff (PT), além de entidades de classe, divulgaram nota confirmando o apoio e chamando a sociedade brasileira para as manifestações em prol do impeachment da presidente, que vão acontecer no domingo (13).

Dilma Rousseff

A nota foi assinada pelo PSDB, DEM, PPS, PV e o Solidariedade. No comunicado, os partidos falam em constatação do contínuo agravamento da crise política, econômica, social e moral que devastam o Brasil.

“[Os partidos de oposição] manifestam o seu integral apoio às manifestações organizadas e lideradas por movimentos da sociedade civil. Convocamos os nossos militantes e simpatizantes e conclamamos brasileiros e brasileiras em todos os estados e municípios para estarem na rua defendendo o Brasil e a democracia”, disseram, em nota, os partidos de oposição ao governo.

Políticos e entidades falam sobre manifestação

O senador paraibano Cássio Cunha Lima, líder do PSDB no Senado, disse, no dia 5 deste mês, que o Brasil estava estarrecido com as revelações do senador Delcídio do Amaral (PT) sobre o governo federal e o ex-presidente Lula.

Segundo Cássio, as declarações, que devem estar contidas na delação premiada de Delcídio a Justiça, colocam mais problemas para um governo que ele classifica como “acabado”.

“O governo Dilma acabou. O governo Dilma acabou não só com as esperanças a curto prazo do povo brasileiro, mas mutilou a verdade, aniquilou com a ética, destruiu concepções de governabilidade com transparência. Só através da manifestação veemente do nosso povo vamos fazer com que essa pressão popular ecoe no Congresso Nacional”, afirmou Cássio Cunha Lima.

Também integrante da oposição, o presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire, lembrou o lema que vai ser levado para as ruas, que é “Ou você vai ou ela fica”.

Ainda segundo o deputado, o sentimento é de que o governo paralisou o Brasil e que algo deve ser realizado para que o país volte à governabilidade.

“O sentimento de que esse governo precisa ser paralisado, de que precisamos de um novo governo, seja pelo impeachment, seja por cassação pelo TSE”, disse o deputado.

A Associação Médica Brasileira (AMB) também divulgou nota em apoio as manifestações. Segundo a AMB, os casos de corrupção apurados empobrecem o país financeira e moralmente.

“Na saúde vivemos uma crise que piora a cada dia e já dura décadas. Nesses últimos anos vemos doenças recrudescerem, colapso na infraestrutura, superlotação, hospitais universitários com leitos fechados, desordem gerencial e outras situações que prejudicam o sistema de saúde. O Brasil precisa de mudança, precisa voltar aos trilhos do desenvolvimento”, afirmou a AMB. 

Fonte: Portal Correio