Boato afirma que Rede Globo ‘fechou as portas e oficializou falência’

Essa informação é falsa. O título da matéria, que foi publicada no site TV Foco na última quinta-feira (24), faz com que os leitores entendam que a Rede Globo teria decretado falência. Porém, o conteúdo, na verdade, informa o fechamento da Loja Globo, uma plataforma que vendia produtos licenciados dos programas e novelas da emissora.

Rede Globo


Circula nas redes sociais a informação de que a Rede Globo fechou as portas e declarou falência. Segundo o post, publicado originalmente em um site sobre televisão e celebridades, funcionários teriam sido “esmurrados” ao se depararem com um comunicado da emissora.

© Fornecido por Pipeify“Globo oficializa falência com fechamento de portas e funcionários são esmurrados com notícia: ‘Comunicado’” – Texto publicado no site TV Foco e que circula nas redes sociais. (Fonte: Reprodução)

Essa informação é falsa. O título da matéria, que foi publicada no site TV Foco na última quinta-feira (24), faz com que os leitores entendam que a Rede Globo teria decretado falência. Porém, o conteúdo, na verdade, informa o fechamento da Loja Globo, uma plataforma que vendia produtos licenciados dos programas e novelas da emissora.

A loja de fato teve suas operações encerradas, mas, diferentemente do que afirma o texto, isso ocorreu em 2018, como foi anunciado pela empresa nas redes sociais, na época. Dessa forma, é falso que a RedeGlobo tenha oficializado falência.

O texto ainda cita o jornalista da RedeTv!, Alessandro Lo-Bianco, como fonte da informação falsa. Nas redes sociais, o colunista usou a mesma imagem que foi publicada pela Loja Globo para citar um “clima tenso no setor comercial da PlimPlim”. E ainda mencionou a “tristeza entre os colaboradores do setor.”

Não foi possível encontrar essa publicação no perfil de Lo-Bianco. A publicação do site TV Foco ainda afirma que nomes consagrados do canal de televisão, como Renato Aragão, Zeca Camargo, Miguel Falabella e Tony Ramos, não estariam “conseguindo sobreviver em meio aos cortes estratosféricos feitos em 2020.”.

Os atores Renato Aragão e Miguel Falabella, assim como o jornalista Zeca Camargo, de fato, não tiveram seus contratos renovados com a TV Globo em 2020. Segundo a assessoria de comunicação da empresa, tanto as mudanças contratuais quanto o encerramento da Loja Globo há mais de dois anos fazem parte de uma série de iniciativas para preparar a emissora para o futuro.

“Temos evoluído nos nossos modelos de gestão, de criação, de produção, de desenvolvimento de negócios e também de gestão de talentos. E temos adotado novas dinâmicas de parceria com eles. Renato Aragão, Zeca Camargo, Miguel Falabella, assim como outros companheiros, têm abertas as portas da empresa para futuros projetos em nossas múltiplas plataformas. Tony Ramos segue contratado”, informou.

Fonte: msn.com

QR Code


Comentários


Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doVale do Piancó Notícias, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.