Kim Kardashian processa marca que imitava seus looks e ganha US$ 2,7 milhões43346

A marca costumava imitar looks usados por diversas famosas, inclusive a socialite, e vender nas redes sociais

 A socialite Kim Kardashian West, 38, recebeu uma indenização de US$ 2,7 milhões de dólares (aproximadamente R$ 10,3 milhões) depois de processar uma loja de fast fashion chamada Missguided USA.

A marca costumava imitar looks usados por diversas famosas, inclusive a socialite, e vender nas redes sociais. A decisão foi tomada por um tribunal da Califórnia, depois da esposa do rapper Kanye West, 42, processar a marca.

Kim processou a varejista por uso não autorizado de seu "nome e imagem registrada para promover seu site e produtos", de acordo com documentos judiciais que a reportagem do Financial Times teve acesso.

Segundo o site TMZ, a empresária de 38 anos recebeu mais de US$ 60 mil (equivalente a R$ 230 mil) em honorários legais, além da indenização.

O processo foi causado depois que a Missguided postou uma foto de uma modelo usando um vestido de dourado no Instagram da marca, semelhante a um modelo que Kim já usou. A legenda da publicação, que marcou a socialite, dizia: "O diabo trabalha duro, mas o Missguided trabalha mais duro".

Nas alegações contra a Missguided USA, os documentos judiciais disseram que a empresa "não apenas derrubou as roupas de outros estilistas, mas também desaprovou descaradamente os direitos de celebridades como Kardashian em vender essas cópias em seus sites".

Kim Kardashian West tem 143 milhões de seguidores no Instagram, uma das celebridades mais seguidas no Instagram. Ela tem suas próprias linhas de fragrâncias e beleza que ela promove através de suas contas nas redes sociais, bem como uma linha de roupas em colaboração com seu marido.

Fonte: FOLHAPRESS