Lucy Alves fala sobre papel em 'Amor de Mãe'45833

Lucy fará o papel de Lurdes, jovem que busca reencontrar um filho que foi vendido pelo pai. Na segunda fase da novela, papel será de Regina Casé.

Natural de João Pessoa (PB), Lucy Alves, 33 anos, recorre ao forte traço matriarcal na família e às raízes nordestinas para dar o tom necessário de Lurdes, uma das protagonistas de 'Amor de Mãe', novela das 21h, que estreia dia 25, na Globo. Na segunda fase, o papel é de Regina Casé.

"A Lurdes tem uma preocupação com os filhos que a Luzia (de 'Velho Chico', 2016) não tinha, era uma mãe que não tinha essa dedicação, essa energia com os filhos que a Lurdes tem", diferencia a atriz, que diz ter uma relação muito próxima com a mãe dela, dona Maria José. "Sempre fomos confidentes. Ela mora em João Pessoa, mas todos os dias a gente se fala pelo telefone ou faz uma chama de vídeo", derrete-se.

FILHO VENDIDO

Em 'Amor de Mãe', Lurdes (Lucy Alves/Regina Casé) é daquele tipo de mulher que não se deixa abalar por nada, que sempre tem o pensamento positivo e que acredita que o melhor está por vir. Muito apegada à fé, ela sempre recupera as energias em suas crenças. "Mulher forte inabalável, uma mãe brasileira. Ela representa as mulheres de muita fibra, garra, guerreiras", reforça Lucy.

Na trama de Manuela Dias, a morena é de Malaquitas, cidade fictícia no Rio Grande do Norte. Deu à luz a quatro filhos: Magno (João Guilherme Fonseca/Juliano Cazarré), Ryan (Pietro Buonnafina/Thiago Martins), Domênico (Eros Lazari quando criança) e Érica (Nanda Costa). Há 26 anos, enquanto Lurdes estava na maternidade em trabalho de parto de Érica, Jandir (Daniel Ribeiro), seu marido e pai das crianças, vendeu Domênico aos 2 anos para uma traficante de crianças do Rio de Janeiro.

CENAS DE EMOÇÃO

Assim que descobre o que aconteceu com o filho, a mulher sai da cidade e parte rumo ao Rio. No caminho, encontra uma criança recém-nascida abandonada na estrada. É assim que Camila (Jéssica Ellen) entrou para a família. Na Cidade Maravilhosa, Lurdes cria os filhos, mas não desiste de encontrar Domênico.

"Ela vem de condições diria até miseráveis, sempre mantendo dignidade. Ela é capaz de matar e morrer por suas crias. Os filhos, para ela, são tudo, e ela dá tudo que tem e que não tem para criar esses filhos", explica a atriz.

REGINA CASÉ

Lucy e Regina Casé se encontraram duas vezes nos bastidores das gravações. Segundo a paraibana, rolou uma sinergia logo de cara, elas se escutaram e leram o texto juntas.

"Foi engraçado que eu gravei, e as pessoas falaram: 'Lucy, você está parecendo a Regina, falando como ela'. Mas também foi toda a energia criada, todo trabalho que fizeram foi muito cuidadoso. Estou muito feliz e orgulhosa de poder contar essa história. A Regina vai seguir magistralmente dando vida a Lurdes. Foi curto, mas foi muito intenso e de muito aprendizado. É uma história que as pessoas precisam ver e ouvir", diz a atriz.

''
''

Fonte: Por O Dia