Secretário de Saúde de JP diz que não permitirá que bares e restaurantes se transformem em casas de show e eventos

SMS intensifica fiscalizações. Vários estabelecimentos já foram autuados, notificados e interditados somente em João Pessoa. A multa varia de R$ 300 a R$ 50 mil, segundo disse o secretário municipal de Saúde.

Coronavírus


O secretário de Saúde de João Pessoa. Adalberto Fulgêncio, disse ao ClickPB que não permitirá que bares e restaurantes da cidade se transformem em casa de show e eventos. Na noite dessa sexta-feira (27), um estabelecimento, no bairro de Manaíra, foi interditado após equipes de fiscalizações do órgão detectar descumprimento de protocolos sanitários contra a covid-19. 

Nos últimos dias, a secretaria de Saúde da Capital, segundo informou o gestor da pasta, tem intensificado as ações sanitárias. “Desde o início da pandemia a gente faz fiscalização normalmente. Obviamente que a gente agora está intensificando", afirmou. Além, disso, Fulgêncio informou que poderá ocorrer uma força tarefa entre as secretarias de Saúde do Município e da Paraíba.

O objetivo é garantir que “agora em dezembro a gente tenha a flexibilização, permitida a circulação, permitindo que a economia rode, permitindo também que as questões sanitárias sejam atendidas, tudo em defesa da civil. Então economia e saúde juntas, em defesa da vida”.

Ainda de acordo com Adalberto Fulgêncio, os bares e restaurantes devem seguir as regras sanitárias estipuladas em decretos. “Esse decreto de bar e restaurante foi negociado com a Abrasel e o Sindicato dos Bares e Restaurantes. Nós sentamos para construir esse decreto. Não foi uma imposição. Foi uma pactuação. Agora não dá para aceitar que um bar se transforme em uma casa de show e que um restaurante se transforme em uma casa de eventos. Isso nós não permitiremos”, revelou.

Vários estabelecimentos já foram autuados, notificados e interditados. A multa varia de R$ 300 a R$ 50 mil, segundo disse o secretário municipal de Saúde. Desde o início da pandemia, já foram realizadas 2.000 fiscalizações e apuradas mais de 100 denúncias.

Fonte: Por Aline Martins

QR Code


Comentários


Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doVale do Piancó Notícias, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.