Advogado é preso acusado de agredir cabeleireira, na Paraíba

A vítima, uma cabeleireira de Caruaru de 36 anos, denunciou o suspeito.

Agressão


Um advogado foi preso na madrugada desta sexta-feira (7) suspeito de violência contra a mulher, no bairro de Tambaú, em João Pessoa. A vítima, uma cabeleireira de Caruaru de 36 anos, denunciou o suspeito e conseguiu chamar a polícia.

De acordo com a vítima, que está hospedada em um flat com a mãe que passa por tratamento de hemodiálise na capital, contou que o suspeito chegou alterado no apartamento, acusando a cabeleireira de ter roubado uma caixa de som.

Ele a teria agredido fisicamente, com socos na boca e puxões no cabelo, e também verbalmente. Quando ele saiu do apartamento, a vítima conseguiu acionar a Polícia Militar, e o suspeito foi detido na Avenida Ruy Carneiro, a pé.

Além disso, a mulher também solicitou medida protetiva contra o suspeito e acompanhamento da Patrulha Maria da Penha. O homem está detido na carceragem da Central de Polícia Civil, em João Pessoa.

Fonte: Tribuna do Sertão

QR Code


Comentários


Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doVale do Piancó Notícias, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.