PC elucida dois crimes praticados na região de Princesa Isabel

Segundo o delegado Gutemberg Cabral, os suspeitos de ambos os assassinatos já foram identificados e as prisões preventivas já foram solicitadas

Elucidação


A Polícia Civil de Princesa Isabel elucidou dois homicídios ocorridos esta semana na cidade de Tavares, na região de Princesa, no Sertão paraibano. Segundo o delegado Gutemberg Cabral, os suspeitos de ambos os assassinatos já foram identificados e as prisões preventivas já foram solicitadas.

PRIMEIRO CASO

Na madrugada da última segunda-feira (09), um homem identificado como Alisson Bernardino dos Santos, de 26 anos, foi assassinado a tiros na saída para o sítio Boa Vista, zona rural de Tavares. Conforme as investigações, a vitima saiu para beber com uma parente e amiga, a qual veio a tirar sua vida com disparos de arma de fogo.

De acordo com a polícia, a apuração dos fatos aponta que o crime teve resquício de vingança, onde provavelmente, a autora arquitetou tudo, tendo como motivação principal, a morte de sua ex-namorada que tinha 16 anos à época, que teria sido assassinada por Álisson há quatro anos.

O delegado Gutemberg Cabral informou que Alisson Bernardino dos Santos estava cumprindo pena em regime semiaberto, onde deveria está recolhido à cadeia no período da noite. Segundo a autoridade policial, já tinha um mandado de prisão em aberto contra ele, devido à desobediência em não cumprir com a pena do regime semi aberto e voltaria a cumprir pena de reclusão. A prisão temporária da principal suspeita do crime já foi solicitada.

SEGUNDO CRIME

Quanto ao homicídio ocorrido na noite desta terça-feira (10) na rua Mariana, em Tavares, de acordo com a polícia, trata-se de acerto de contas. Conforme Dr. Gutemberg Cabral, um indivíduo da cidade de Patos, estaria em Tavares para traficar drogas quando foi morto com três disparos de arma de fogo por outros dois meliantes. Segundo o delegado, os dois suspeitos também fazem parte de organização criminosa.

A Polícia Civil de Princesa Isabel relatou que após investigações já conseguiu identificar os supostos assassinos em tempo recorde. O delegado disse que já foi solicitada a prisão preventivas dos dois.

O nome da vítima, bem como a idade, ainda não foram divulgados pela polícia
científica.

Fonte: Redação do Vale do Piancó Notícias

QR Code


Comentários


Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doVale do Piancó Notícias, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.