Piancoenses apreensivos com a evolução de casos confirmados da Covid-19 na cidade50698

Dezoito casos foram confirmados no último Boletim Epidemiológico, atualizado em 01/06, às 20:00h

Apesar de o Município está cumprindo todos os protocolos do Ministério da Saúde, os casos confirmados de pessoas infectadas pelo novo Coronavírus, vem causando apreensão em muita gente. Dezoito casos foram confirmados no último Boletim Epidemiológico, atualizado em 01/06, às 20:00h pela Secretaria Municipal de Saúde de Piancó.

Por que os casos confirmados estão aumentando tão rápido?
O Instituto de Comunicação e Informação em Saúde (Icict), da Fiocruz, diz que existe uma tendência à interiorização da epidemia/pandemia, que está chegando de forma acelerada aos municípios de menor porte do país. A pandemia iniciou sua propagação inicialmente em grandes metrópoles, ligadas por linhas aéreas. Nas últimas semanas, a quase totalidade das grandes cidades (mais de 100 mil habitantes) apresentou casos da doença. Cerca de 44% das cidades médias (20 mil e 50 mil) já possuem casos e a tendência é a emergência de ciclos de transmissão em cidades pequenas.

Mudança de hábitos é fundamental
O momento é de alerta e as medidas de contenção são imprescindíveis. A mudança de hábitos é fundamental e exige o compromisso de cada cidadão. Assim, a população pode se proteger e também contribuir para a contenção da pandemia.

Fique atento às medidas preventivas:
Utilize álcool 70% com glicerina, que é muito eficaz para a higiene das mãos.
Lave as mãos com água e sabão sempre que estiverem sujas.
Evite tocar a boca, o nariz e os olhos sem antes higienizar as mãos.
Não compartilhe copos, talheres e outros objetos pessoais.
Mantenha os ambientes ventilados. Abra as janelas e portas mesmo em dias frios.
Evite aglomerações e contato com pessoas com sintomas de doenças respiratórias.
Ao tossir ou espirrar, utilize o antebraço para evitar a disseminação do vírus.
Cumprimente as pessoas sem aperto de mão, beijos ou abraços.
Supervisione para que crianças menores, que costumam levar objetos à boca, não compartilhem itens com outras crianças.
E NÃO ESQUEÇA DE USAR A MÁSCARA, SEMPRE QUE TIVER A NECESSIDADE DE SAIR ÀS RUAS.

Fonte: Blog de piancó