Zé Trovão se entrega à Polícia Federal após dois meses foragido fora do Brasil

Caminhoneiro estava foragido desde setembro, quando o ministro do STF Alexandre de Moraes decretou sua prisão preventiva.

Policial


Os advogados do caminhoneiro Marcos Antonio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, informaram em nota que ele se entregou nesta terça-feira (26) à Polícia Federal (PF) em Joinville (SC), onde mora. A informação foi confirmada pela PF.

Antes de ser decretada a ordem de prisão contra ele, em 1º de setembro, Zé do Trovão teria fugido para o Panamá e, depois, para o México, onde pediu asilo político alegando sofrer perseguição no Brasil.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a prisão do caminhoneiro no inquérito que investiga ameaças à democracia e incitação à violência em atos que estavam sendo organizados para o 7 de Setembro. Zé Trovão está proibido, por ordem judicial, de se aproximar de um raio de um quilômetro da Praça dos Três Poderes, em Brasília, desde 20 de agosto.

O apoiador do presidente Jair Bolsonaro teria um site, o Portal Brasil Livre, que está fora do ar, mas ficou conhecido com postagens na página já desativada do Youtube Zé Trovão, a Voz das Estradas.

Fonte: Por R7

QR Code


Comentários


Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doVale do Piancó Notícias, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.