Pastor é preso suspeito de homicídio ocorrido há mais de 30 anos, na Paraíba

Severino Sabino da Silva, 63 anos, foi preso após investigações da delegacia seccional de Santa Rita, município onde aconteceu o crime.

Prisão


Um pastor, que estava foragido há 30 anos, foi preso suspeito de homicídio, nesta quinta-feira (04) em Bayeux, Região Metropolitana de João Pessoa. Severino Sabino da Silva, 63 anos, foi preso após investigações da delegacia seccional de Santa Rita, município onde aconteceu o crime. 

Na época o acusado trabalhava em uma empresa de transporte coletivo. Ele teria chegado ao local com sintomas de embriaguez e o vigilante da empresa, ao perceber o fato, tentou impedir que o mesmo dirigisse ônibus. 

Os dois colegas de trabalho iniciaram uma discussão em razão disso, que culminou com o assassinato do vigilante. Desde então, Severino teria se mudado e quando voltou à Paraíba passou a atuar como pastor em uma pequena igreja na casa onde reside. 

De acordo com Paulo Josafá, delegado de plantão na delegacia de homicídios da capital, “O crime ocorreu em 1988, e pelo que consta ele estava foragido todo esse tempo, disse que teria ido para Brasília e quando voltou tornou-se pastor. Até que os investigadores da delegacia de homicídios encontraram uma moto que ele teria comprado em seu nome e localizou o endereço dele, dando seguimento ao mandado de prisão”, explica. 

O homem foi levado para Central de Polícia Civil da Capital, onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: Redação do Vale do Piancó Notícias com G1

QR Code


Comentários


Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doVale do Piancó Notícias, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.