João Azevêdo diz não ter bloqueio com nenhum interessado em apoiar sua reeleição a governador em 2022

Em relação ao apoio do Progressistas, João Azevêdo disse que o apoio que deu a Cícero Lucena para prefeito em 2020 não teve vinculação com um apoio definido para 2022.

Eleições 2022


O governador João Azevêdo afirmou não fazer nenhum bloqueio para quem quiser que seja o interessado em apoiar sua candidatura à reeleição para o cargo nas Eleições 2022. Mas, ainda na entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta terça-feira (25), o gestor lembrou que "alguém que vá apoiar o atual presidente entende claramente que ele não vai poder fazer no processo de 2022 apoio ao presidente e estar me apoiando para uma reeleição. É uma coisa óbvia."

Questionado se vai querer na sua chapa lideranças que apoiam Bolsonaro, o governador respondeu que essa leitura depende dos apoiadores. "Essa é uma leitura que terá que ser feita por quem quiser estar compondo conosco a chapa. Não é a partir do governador essa direção. Isso tudo depende de conjuntura e de momento. Eu sei que as pessoas sabem fazer leituras e isso terá, no seu devido momento, a discussão adequada. Eu, hoje, não faço nenhum tipo de bloqueio para quem quer que seja porque depende, evidentemente, da posição dessas pessoas que pretendem estar conosco construindo essas eleições de 2022."

Ainda segundo apurou o ClickPB, em relação ao apoio do Progressistas, João Azevêdo disse que o apoio que deu a Cícero Lucena para prefeito em 2020 não teve vinculação com um apoio definido para 2022. "Eu já encontrei algumas vezes o deputado Aguinaldo. Em 2020, quando do nosso pequeno apoio ao prefeito Cícero Lucena, conversamos, discutimos, nunca vinculando 2022 a 2020. Não houve essa vinculação. Conversamos sobre o apoio do governador João Azevêdo a Cícero Lucena. Tenho conversado com o deputado Aguinaldo Ribeiro da mesma forma que converso com os outros deputados. Se a fala dela (Daniella Ribeiro) representar o projeto do Progressistas de ter uma candidatura própria, evidentemente que o Progressistas não estará na nossa chapa. Isso é óbvio."

Fonte: Lucas Isídio/ClickPB

QR Code


Comentários


Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doVale do Piancó Notícias, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.