Programas oferecem bolsas de estudo de até 100% nas melhores universidades do mundo44404

Listamos nove plataformas que oferecem descontos em programas de graduação, mestrado e doutorado em instituições mundo afora

A educação transforma o futuro das pessoas. Seja por meio de uma graduação, de um mestrado ou doutorado, entrar em uma universidade pode representar uma nova perspectiva de vida. Porém, conseguir ingressar no ensino superior e ir além dele não é nenhum pouco fácil. No Brasil, há disponibilidade de vagas para universidades públicas é baixíssima e a concorrência é alta. Já nas universidades particulares, os valores de mensalidade chegam a mais de R$ 60 mil por ano para mestrados e doutorados. E esse problema não é único do Brasil. Tanto nos Estados Unidos como na Europa, onde estão algumas das melhores universidades do mundo, sofrem das mesmas dificuldades. 

Frente a esses problemas, os alunos começam a procurar bolsas para financiar os estudos. Apesar de muitas das próprias universidades oferecerem serviços de bolsas, geralmente é preciso que o interessado vá atrás de cada uma das instituições individualmente para descobrir quais são os melhores planos para ele. Mas existem alternativas. Diversos sites oferecem catálogos com bolsas de estudo, alguns até mesmo entram em contato com as universidades ou possuem parcerias para conseguir as melhores bolsas aos alunos. Catalogamos aqui algumas das melhores plataformas para você conseguir financiar os seus estudos.

NO BRASIL

Minhabolsa.Online
Atuando não somente no Brasil, mas em todos os países lusófonos, a startup Minhabolsa.online busca bolsas de graduação, mestrado e doutorado em centenas de universidades brasileiras e internacionais. Por meio da plataforma, é possível conseguir bolsas de até 100% para cursos de capacitação profissional, técnicos, graduação e pós-graduação nacionais ou internacionais, e para mestrado e doutorado internacionais. Com a Minhabolsa.online, o estudante transforma seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) em uma dissertação de mestrado, ou sua dissertação em uma tese de doutorado, fazendo com que o aluno possa concluir os cursos em menos tempo.

Para saber mais sobre a startup, acesse minhabolsa.online.

Quero Bolsa
Por meio da Quero Bolsa é possível conseguir descontos de até 70% em universidades brasileiras, incluindo cursos de graduação, especialização e MBAs. No site do Quero Possível pode-se comparar os preços de diferentes instituições para escolher a melhor opção para você.
Para saber mais, acesse querobolsa.com.br.

Educa Mais Brasil
Outra das plataformas de bolsas brasileiras, a Educa Mais Brasil oferece descontos de até 70% para pessoas que não possuem condições de arcar com o valor total da mensalidade. Além de cursos de graduação, especialização e MBAs, é possível conseguir descontos para cursos técnicos, profissionalizantes, de idiomas, pré-vestibular e até mesmo para a educação básica por meio da Educa Mais Brasil.

Mais informações sobre os programas de bolsa da plataforma em educamaisbrasil.com.br.

 Integralize Online
Com unidades presenciais em Florianópolis, a startup Integralize Online já atendeu mais de oito mil alunos em todo o Brasil. O grande trunfo da plataforma está justamente em seu nome: a integralização de créditos internacional. Por meio da startup, é possível converter uma especialização nacional em um mestrado internacional, ou um mestrado nacional em um doutorado internacional. Depois de apresentar o seu perfil à Integralize, os trabalhos do estudante são oferecidos às instituições associadas à startup para que ocorra um “match internacional”, momento no qual o aluno é aceito por uma (ou mais) das universidades. Todo o material é disponibilizado em português na plataforma EAD (Educação a Distância) da Integralize. Além disso, a startup dispõe de bancos de dados com mais de mil livros digitais e mais de mil videoaulas .

Para saber mais sobre a plataforma, acesse integralize.online.
NOS EUA

EPro 360
Grande parte das melhores instituições de ensino estadunidenses são privadas e cobram altos valores de seus alunos. Portanto, os programas de bolsas de estudos (scholarships, no inglês) são muito comuns nos Estados Unidos. Tanto é que o próprio Governo do país fornece recursos a colégios norte-americanos para que sejam ofertadas bolsas de estudo a alunos internacionais. É aí que entra a EPro 360. A plataforma conecta essas escolas de ensino médio dos Estados Unidos a alunos de fora do país. Diferentemente do Brasil, o histórico de ensino médio dos alunos conta muito na hora de entrar em uma universidade americana, portanto, por meio da EPro 360, os alunos podem fazer o colegial já nos Estados Unidos, o que aumenta em muito a chance de ingressar, posteriormente, no ensino superior do país.

Mais sobre a plataforma em epro360.com.

FastWeb
Basta você colocar as suas informações pessoais para que o FastWeb procure as melhores oportunidades de bolsas de estudo em universidades estadunidenses para você. Nada é garantido, já que no sistema americano geralmente é preciso passar por um concorrido processo seletivo, porém, por meio da plataforma, é possível ter acesso a milhares de bolsas de estudo baseadas em seus pontos fortes e principais interesses. Além disso, o FastWeb também disponibiliza ofertas de trabalhos temporários para estudantes.

Para mais informações, acesse fastweb.com.

NA EUROPA

Chevening Scholarship

Na Europa, são comuns as bolsas de estudo financiadas pela União Europeia ou pelo Governo dos próprios países. Fundada em 1983, a Chavening é o programa de bolsas do governo britânico. Por meio dele, estudantes estrangeiros podem cursar um ano de mestrado no Reino Unido em qualquer área com 100% de financiamento do estado. Além disso, a Chavening cobre os custos da viagem até o Reino Unido e fornece outros subsídios para que o aluno consiga se manter no país da universidade escolhida. Brasileiros podem se aplicar para as quase 1500 bolsas fornecidas todos os anos pela iniciativa, porém é necessário passar por um restrito processo seletivo e, após a conclusão do mestrado, retornar por pelo menos dois anos ao Brasil.

Para saber mais sobre o programa, entre em chevening.org.

European Funding Guide
O Guia de Financiamento Europeu, em uma tradução livre, é uma organização sem fins lucrativos com o objetivo de fazer com que o suporte estudantil seja acessível a todos. Por meio da plataforma, estão disponíveis mais de 12 mil bolsas de estudo em toda a União Europeia. Para procurar pelos programas de financiamento, basta preencher um simples formulário no site da organização com algumas informações pessoais e o campo de estudo desejado.

Mais informações sobre as bolsas no site european-funding-guide.eu.

Study in Italy
Mais um programa governamental, dessa vez italiano. Voltada para estrangeiros residentes na Itália e italianos não-residentes no país, a iniciativa oferece bolsas para mestrado e doutorado no país europeu. Os alunos selecionados não precisam pagar pelas taxas das universidades e ainda recebem 900 euros mensais para bancar suas despesas. Porém, assim como quase todos os programas governamentais europeus, é preciso passar por um concorrido processo seletivo, além de ter proficiência na língua inglesa ou italiana, a depender do idioma do curso.
Para saber mais sobre o programa, acesse studyinitaly.esteri.it.

Apesar de nem sempre serem fáceis de se conseguir, as bolsas de estudo são uma das melhores alternativas para se ter acesso a um ensino de qualidade sem grandes despesas. Além disso, algumas das opções acima fornecem grandes descontos sem uma concorrência tão grande, casos da startup brasileira Minhabolsa.online e o European Funding Guide. No Brasil, um título de mestrado pode representar salários em média quatro vezes maiores, enquanto doutores titulados chegam a receber seis vezes mais, segundo estudo do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos. Esforçar-se para conseguir uma bolsa de mestrado ou doutorado, por exemplo, pode mudar completamente a sua vida.

IMAGEM_01
Legenda: Por meio de plataformas online, pode-se conseguir bolsas de até 100% para estudar nas melhores universidades do mundo.
Fonte da imagem: Pixabay






 



 

Fonte: Assessoria