Universidade dos EUA aponta mais de 500 mil infectados pelo coronavírus no mundo49241

O número de casos confirmados do novo coronavírus no mundo ultrapassou os 500 mil na tarde desta quinta-feira (26). Segundo os dados da Universidade Johns Hopkins, referência em pesquisa nos Estados Unidos, consultados às 22h40, 531 mil pessoas já testaram positivo para a doença.

Entre elas, quase 24 mil não resistiram às complicações dos sintomas e morreram. A última atualização também indicou uma importante mudança nas projeções da pesquisa. Agora, segundo a universidade, são os EUA que concentram o maior número de casos -- 85,4 mil. Na China, pelo mesmo levantamento, são 81,7 mil.

 

Na sequência, aparecem Itália (80,5 mil), Espanha (57,7 mil) e Alemanha (43,9 mil). São pouco mais de 29 mil os casos na França e no Irã. O Brasil é o 18º país com o maior número de casos, segundo a Johns Hopkins, com 2.985 casos confirmados. Os números são um pouco mais altos do que os registrados pelo Ministério da Saúde, que identificou 2.915.

Já em números de óbitos pela pandemia, a maior concetração está na Itália, país onde foram registradas mais de 8 mil das 22.993 mortes confirmadas. O país é seguido por Espanha, China, Irã e França.

Dos casos na província de Hubei, na China, mais de 60 mil já foram curados. Já Irã e Itália têm pouco mais de 10 mil pessoas recuperadas. Espanha e Alemanha fecham a lista de países com maior número de pacientes com alta.

Para contabilizar estas informações a Universidade Johns Hopkins utiliza informações de diversas entidades de saúde renomadas, como a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), a Comissão Nacional de Saúde da República Popular da China (NHC-PRC), departamentos de saúde nacionais e estaduais, notícias de veículos regionais e o DXY, uma das maiores comunidades virtuais do mundo para médicos, enfermeiros e farmácias.

O mapa online da universidade, com dados sobre o surto do novo coronavírus, é automaticamente atualizado ao longo do dia, conforme as fontes fornecem novos dados. No mapa da Organização Mundial da Saúde, atualizado apenas uma vez por dia, ainda constam 465.915 casos confirmados, espalhados em 199 países e territórios, com 21.031 mortes.

Fonte: CNN, em São Paulo