"Não sou criminoso", diz homem vítima de mentira nas redes sociais em Itaporanga

Antônio Augostinho é solteiro e nasceu no sítio Jenipapo, município de Itaporanga, mas hoje vive na cidade. Ele procurou a delegacia de polícia para registrar um boletim de ocorrência

Desabafo


Antônio Augostinho, conhecido como Toinho de Zé do Galo, é uma figura popular em Itaporanga. Ele tem 50 anos, é uma pessoa humilde e pacata, mas, na semana passada, foi vítima de uma mentira lançada nas redes sociais e que terminou comprometendo sua imagem diante das pessoas que não o conhecem.

Alguém extremamente maldoso pegou uma foto de Toinho e espalhou na rede WhatsApp com a informação falsa de que ele era estuprador de crianças. “Quero dizer a todo mundo que não sou criminoso; bandido é uma pessoa que faz uma coisa dessa”, disse com indignação a vítima da mentira na internet. Ele não tem celular e tomou conhecimento da calúnia através de pessoas conhecidas.

Toinho acredita que a pessoa que fez a postagem na rede social pode ter tirado uma foto dele em algum momento de distração, especialmente em algum momento em que estava bebendo. Em Itaporanga, a postagem não teve consequência porque as pessoas conhecem a vítima, mas alguém de fora pode acreditar que, de fato, trata-se de um criminoso e ele sofrer represálias. Já ocorreram inúmeros casos de linchamento e morte de pessoas por causa de mentiras nas redes sociais.

Antônio Augostinho é solteiro e nasceu no sítio Jenipapo, município de Itaporanga, mas hoje vive na cidade. Ele procurou a delegacia de polícia para registrar um boletim de ocorrência

Fonte: Folha do Vale

QR Code


Comentários


Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doVale do Piancó Notícias, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.