Morte do Padre Zé, maior benfeitor de Itaporanga, completa 15 anos

José Sinfrônio de Assis Filho faleceu em 19 de setembro de 2006.

Lembranças


Neste domingo (19) completam-se exatos 15 anos que o maior benfeitor de Itaporanga, Sertão da Paraíba, morreu. O monsenhor José Sinfrônio de Assis Filho faleceu aos 82 anos no Hospital da Unimed, em João Pessoa, onde se tratava de um câncer.

Ao meio-dia daqueles 19 de setembro de 2006, o município itaporanguense parou ao saber da triste notícia por meio das badaladas dos sinos de todas as igrejas da cidade. O corpo do monsenhor foi velado na mesma noite, na Central de Velórios São João Batista, na capital, onde recebeu as últimas homenagens dos conterrâneos que residem em João Pessoa, esses que formam a maior colônia de uma cidade paraibana no litoral.

Ainda na central, o benfeitor recebeu agraciamentos de diversas autoridades do estado, a exemplo do governador do estado à época, de senadores, de desembargadores, de deputados, prefeitos etc.

José Sinfrônio foi vigário de Itaporanga por mais de 50 anos, onde construiu diversos monumentos, como o colégio Diocesano e a estátua do Cristo Rei. Ele também fundou a gráfica Monsenhor José Sinfrônio, criou a filarmônica Cônego Manoel Firmino, ampliou a Igreja Matriz, criou a Casa do Menor São Domingos Sávio, obteve a energia elétrica e a telefonia para o município, além de conseguir a abertura do hospital distrital, entre tantas importantes ações.

O legado foi deixado como a principal e mais importante pessoa para o desenvolvimento da Rainha do Vale.

Fonte: Diamante Online

QR Code


Comentários


Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doVale do Piancó Notícias, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.