Estudante vive 'um dia de juiz' durante sessão de júri popular, em Conceição44758

O momento ocorreu antes de iniciar a sessão do júri popular, que ocorreu no plenário da Câmara dos Vereadores de Conceição, nesta quarta-feira (18). O estudante Josias Carvalho, do 3° Ano, não titubeou na resposta e foi categórico: ‘eu quero ser juiz quando me formar’.

Durante a participação de jovens estudantes da Escola Cidadã Integral Maestro José Siqueira, através “Arte de argumentar”, na sessão do júri popular, que estava ocorrendo no plenário da Câmara dos Vereadores de Conceição, nesta quarta-feira (18), uma pergunta do juiz Antonio Eugênio, que presidia a sessão, silenciou a quase todos, que envergonhados estavam e envergonhados ficaram ainda mais. Todavia, um deles, o estudante Josias Carvalho, do 3° Ano, não titubeou na resposta e foi categórico: ‘eu quero ser juiz quando me formar’.

Momentos depois, uma forma pedagógica definiu a metodologia da pergunta do magistrado, que chamou o estudante Josias Carvalho e o convidou a vestir a toga de juiz, dando a ele a oportunidade de realizar seu sonho, pelo menos de forma ilustrativa, naquele momento e viver ‘um dia de juiz’.

A ideia do magistrado foi despertar nos jovens a vocação para a magistratura. “A professora havia me dito que eles tinham receio de chegar, de perguntar o que era a figura de um juiz. Então, o objetivo nosso é desmistificar essa coisa da profissão e aproximar o contato com a sociedade para que ela possa ver como é o nosso trabalho, despertando nos jovens estudantes o interesse pela profissão”, explicou o magistrado.

O estudante, Josias Carvalho não tremeu, vestiu a toga e pousou para fotos ao lado da bandeira do Brasil, levando a todos ao contentamento pelo que viam.
 

Fonte: Redação do Vale do Piancó Notícias